Google exclui Brasil de competição que premiará descoberta de bugs

gmaisAutora: Vanessa Dayara

O Google prometeu pagar até 2,7 milhões de dólares em prêmios para quem demonstrar falhas no Chrome OS em computadores com processadores Intel e ARM. Mas as regras da competição Pwnium 4 excluem os participantes do Brasil.

Segundo reportagem do G1, não são só os brasileiros que ficarão de fora. Moradores de Quebec (Canadá) e da Itália, bem como de países que sofrem embargos americanos, como Síria, Irã, Sudão e Coreia do Norte, também estão excluídos.

A Pwnium 4 acontecerá durante a conferência de segurança CanSecWest, no Canadá. Cada demonstração de ataque poderá ser recompensada em até 150 mil dólares.

As brechas usadas para atacar o sistema precisam ser novas e exclusivas. O participante precisará informar todos os detalhes técnicos ao Google, o que inclui o código usado para explorar a falha.

Fonte: INFO

Anúncios

3 pensamentos sobre “Google exclui Brasil de competição que premiará descoberta de bugs

  1. Excluíram a participação de brasileiros e pessoas de outras nações por quais razões mesmo? Achei que a contribuição pela descoberta de novas brechas de segurança não tinha nada a ver com as fronteiras entre os povos. Parabéns ao Google pela iniciativa de querer melhorar a segurança de seu código, contudo, excluir povos e nações não é necessariamente uma decisão apropriada em um mundo onde todos compartilham a mesma rede e recursos. Faço votos de que alcancem seus objetivos e que seus fins justifiquem seus meios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s