Tecnologia criptografa arquivos compartilhados

A Sophos anuncia o Sophos SafeGuard Encryption 8, uma nova solução de criptografia sincronizada que protege os dados de malware, hackers ou vazamentos acidentais. Agora todas as organizações podem adotar as melhores práticas da criptografia Always-on para proteger dados acessados em dispositivos móveis, notebooks, desktops, redes locais e aplicações de compartilhamentos de arquivos na nuvem.

Até agora, o gerenciamento e adoção da criptografia têm sido vistos como complexos. De acordo com a pesquisa da Sophos, The State of Encryption Today, apenas 29% dos gerentes de TI afirmam sempre criptografar smartphones e somente 43% criptografam Macs, deixando altos níveis de exposição em toda a organização.

“A criptografia completa do disco protege os dados apenas em caso de roubo ou perda do notebook ou do dispositivo móvel. Mas os dados trafegam por todos os lugares – é vulnerável e extremamente difícil proteger de forma consistente quando são compartilhados e abertos em múltiplos dispositivos e em aplicações de colaboração baseadas na nuvem”, diz Dan Schiappa, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo de Segurança do Usuário Final na Sophos. “Nós planejamos novamente todo o SafeGuard Encryption 8 para criptografar cada arquivo por padrão e validar continuamente os usuários, aplicações e dispositivos para uma colaboração segura. Nós também fornecemos arquivos protegidos por senha, permitindo que os usuários compartilhem arquivos criptografados com destinatários externos”.

Uma criptografia abrangente e gerenciável deve ser prioridade para todos os líderes de TI ao reavaliar as estratégias de proteção de dados para atender às novas exigências da legislação. O Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia entra em vigor em 28 de maio de 2018 e a partir daí todas as empresas detentoras de dados de clientes ou funcionários de cidadãos da União Europeia enfrentarão graves sanções financeiras de até 4% da receita anual em todo o mundo se sofrerem alguma violação de dados. Isso inclui empresas que não necessariamente estejam baseadas na União Europeia, mas possuam dados de cidadãos da UE.

“A legislação de privacidade de dados está sendo introduzida no mundo inteiro e as empresas de todos os tamanhos devem rever suas medidas de proteção antes de terem que arcar com as consequências. Todas as empresas que fazem negócios em países com leis de privacidade de dados devem cumprir esses regulamentos locais. A criptografia é amplamente aceita como a melhor medida de segurança disponível”, completa Schiappa.

Como parte da estratégia de segurança sincronizada da fabricante, o Sophos SafeGuard Encryption pode responder automaticamente à incidentes de ameaça de proteção de endpoint. Durante uma infecção ativa, a solução pode revogar temporariamente chaves de criptografia para proteger os dados, e os usuários podem automaticamente obter essas chaves de volta depois que o incidente for resolvido. Ela ainda sincroniza chaves com o Sophos Mobile Control, que protege totalmente os direitos de acesso ao arquivo em smartphones e tablets. Mesmo documentos criptografados podem ser acessados de forma segura no recurso Secure Work Space da aplicação.

“Há quatro razões principais para as empresas considerarem a criptografia. A primeira e mais importante é a proteção de dados sensíveis contra hackers e violação de dados. A segunda é a divulgação involuntária. As pessoas deixam seus celulares e outros dispositivos móveis em táxis, por exemplo, e enviam acidentalmente e-mails com documentos para as pessoas erradas o tempo todo, expondo arquivos e outras informações privadas. Terceiro, a criptografia ajuda as empresas a cumprirem as normas de regulamentação como GDPR, mitigando potencialmente o risco de multas exorbitantes. E, por último, a migração de serviços baseados na nuvem apresenta problema de segurança e a criptografia ajuda as empresas a protegerem os dados que podem estar vulneráveis”, afirma Duncan Brown, diretor de pesquisas do IDC. “Para que a criptografia seja eficaz nesses quatro cenários, precisa ser facilmente gerenciada por um administrador de TI, transparente para os usuários e trabalhar com múltiplas plataformas e tipos de arquivos. A Sophos faz tudo isso com o SafeGuard Encryption, permitindo que as companhias adotem a criptografia como uma medida necessária de segurança”.

Fonte: Risk Report

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s